Quem somos

O MachineCast surgiu de uma carência de… abordagens, digamos assim, sobre um tema (ou dois…) que todos os membros do time amam: retro games (com boas doses de muito humor!).

Marcos Daniel – também conhecido como TeamBlue, BigBoss do MachineCast, gaúcho sulista separatista – é um ouvinte de podcast assíduo e participativo na podosfera. Apaixonado pela mídia e por games,  deu início à uma série de eventos interligados intimamente dentro de seu cérebro que o conduziram ao caminho de criar um podcast. Porém, encontrar as pessoas certas para o trabalho não seria tarefa das mais fáceis…

Foi então que navegando pelos mares das redes sociais gamers, dentre elas a Alvanista – uma rede social gamer brasileira!! – TeamBlue começou a garimpar perfis e fazer contatos,  nosso TeamBlue se depara com Neilson Lopes – capixaba poqueiro, metal na veia, youtuber na arte, gamer na paixão – em um post sobre Resident Evil. De cara nosso chefe se encantou com o grande conhecimento e a grande paixão de Neilson pelos games, reflexo de seu ótimo trabalho com seu canal Old School Gamer,  e logo o convidou a se juntar ao time. A equipe estava (quase) completa!

Aventurando-se pelas redes móveis, nosso intrépido líder passeia pelo Whats App. Lá se encontra com Eduardo Filhote – mineirim da gema, avoado de lerdeza, filósofo por hobbie, gamer por paixão.

Depois de passar por alguns integrantes que não puderam dar seguimento ao projeto, TeamBlue sai a caça a mais um integrante encontrando assim Ricardo Spider –  paranaense, dinossauro viajante, escalador de paredes honorário – que com suas célebres frases, integrou as viagens da Velha Máquina.

Um ano se passou, muitas viagens aconteceram, e em uma das viagens da Velha Máquina, o perdido Alexandre Zuppo, o Zuppão – paulista rycah, mestre cervejeiro, caçador de zueiras, e viajante perdido das esquinas nostálgicas do tempo – é resgatado pelos Machines, passando a integrar, desde então, a equipe mais maluca que já se teve notícia.

Mas como as coisas nunca acontecem apenas uma vez, em outra viagem nos tempo, a velha maquina se depara com ninguém mais, ninguém menos que  Ticiana, a Baianetta – baiana arretada perdida em terras paulistas, caçadora de vilões e mãe das tretas cósmicas – que estava batalhando contra alguns vilões da interwebs, e passou a também integrar a equipe dos Machines (porque só cueca cansa, né?)

E assim, com uma salada cultural de ponta a ponta do Brasil,  em 1º de Janeiro de 2015, nasce o…

MACHINECAST – O PodCast que vai voltar no tempo!

  • Darley Santos

    Olha só, não tinha visto essa descrição da equipe! Como inclui a Baianeta, acho que é um tanto recente, talvez por isso não tenha visto antes. Legal!

  • Anderson Costa

    Hahahaha sensacional a descrição dos casters!

  • Pedro H. de Barros

    Olá pessoal. Conheci o podcast de vocês há uma semana e já virei fã. Os temas abordados são fantásticos.

    Ontem, 12/10, precisei trabalhar, mas fiquei o dia todo ouvindo vocês para dar uma força.

    Um abraço e parabéns pelo excelente trabalho,

    • Muito obrigado pedro! que bom que gostou! Comente os episódios que vc ouviu e nós iremos ler seus comentários ou e-mails! Não importa o tamanho dele! Abraço e esperamos vc nos próximos.

  • Overthanatos

    Tem que ter um álbum com as fotos de todos machines, ( mentira, só quero saber que cara a star red tem mesmo)