PodBrisar #21 – A Brisa Nostálgica

Fala comigo, amigo ouvinte! Bora brisar?

Somente o que é antigo é de fato bom e se tornou clássico? Não se produz nada novo que seja bom? A nostalgia nos faz ver com bons olhos mesmo aquilo que é ruim? Curioso em saber se a brisa antiga era melhor?

Então libere a mente e solte as ideias porque aqui você Podbrisar!

Quer Zipar seu MP3? Copie o link e cole [AQUI]


Equipe:

 

 

 

 


Facebook: Edu Filhote Henrique

Telegram: @edufilhote

Skype: eduardofilhote


Mencionados no Episódio:

 


Contato:

E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Tiago Ramos Melo

    Acho que é o público mais velho sempre busca coisas da época (vide nós véi paia!), pois era difícil achar algo em vídeo, K7, imagens, revista e etc…e com a vinda da internet e o povo alimentando essas coisas criaram um meio pra reviver essas coisas, mesmo que seja bom ou tosco. Mas sempre tem coisa nova na mídia e claro que com o tempo vira um clássico ou não, pois tem que ser guardado e ficar na história pra não ser esquecido. Enfim, é bom relembrar coisas e compará-los com os dias atuais pra dar um etendimento de como foi a evolução de cada mídia. Parabéns pela brisa e segue em frente nessa DeLorean Solo Mode.

  • Darley Santos

    Está tudo certo no seu devido tempo, se interferirmos vamos acabar fazendo uma confusão danada com as linhas temporais, acabando por ter uma hemorragia nasal no final… Hoje ou ontem, estamos aí para entregar o nosso melhor.

  • Jorge Augusto

    E aew Edu! Agora trazendo os comentários de volta pra cá.

    Concordo com toda sua brisa, mas nem sempre o clássico é o que o povo curte é coisa boa… E como o Douglas disse ali em cima, às vezes os comentários denegrindo e maldizendo as pessoas são as que fazem mais sucesso.

    Ainda espero podermos brisar mais sobre o assunto. Abraço!