PodBrisar #12 – Consumidor de Brisas

Fala comigo, amigo ouvinte! Bora brisar?

Somos definidos pelo que temos? O consumo pode trazer a felicidade? Por que desejamos ter sempre mais do que já temos? Quer consumir essa brisa também?

Então libere a mente e solte as ideias porque aqui você Podbrisar!


Quer Zipar seu MP3? Copie o link e cole [AQUI]


Host:

 

 

 

 


Facebook: Edu Filhote Henrique

Telegram: @edufilhote

Skype: eduardofilhote


Mencionados no Episódio:

ArtigoConsumismo

E-BookA Crítica da Razão Pura (Kant)

LivroO Vendedor de Sonhos (Augusto Cury)

TrailerO Vendedor de Sonhos


Contato:

E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)


 

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Darley Santos

    Consumo e bom-senso, virtuosa parceria! Se eu realmente uso o que ando adquirindo? Sim, como sou basicão então dificilmente me perco com supérfluos… O que compro costuma concorrer ao meu bem-estar físico ou mental, então costumo comprar e me sentir alegre pela aquisição ou uso hahah, salvo algum imprevisto ou desacordo. De toda forma, “consumo” diz respeito a coisas ou objetos que são acessoriais, estão longe de terem uma importância essencial em nossas vidas, estão aí as constatações que provam isso: pessoas com muito dinheiro vivendo uma vida sem sentido ou finalidade, e pessoas com tão pouco se sentindo totalmente gratas pela vida que têm… Legal, mais uma brisa consumida!

  • Tiago Ramos Melo

    Tudo isso se resume no começo do mês quando recebe seu “suado salário”, aquele momento que além de pagar seus boletos da vida e sonhar com algo que vai dar prazer (no sentido figurado (by Sr. Barriga)), aí você consegue desbloquear a carta “cartão de crédito” pra comprar essas maravilhas e ficar se endividando com o tempo com tanta coisa (até inúteis em certos momentos) que consegui comprar e tentar um dia usufruir disso. Ultimamente estou me controlando (literalmente um rehab) esses gastos pois mesmo aumentando o dinheiro, as coisas também ficam mais caros. Mais um cast pensativo e relevante sobre a nossa realidade, parabains grande mestre e que seu consumismo de brisa aumente e nos alimente também!