MachineCast #79 – Amigos de Infância

Saudações amigos ouvintes, amigos de escola, amigos virtuais e amigos que vemos todos os dias!

A mais nostálgica e divertida viagem da Velha Máquina está prestes a começar! E dessa vez a viagem será pelas memórias das grandes amizades de infância que os Machines tiveram, e não apenas do Machine, já que pelo caminho a Velha Máquina acabou derrubando uma lata de lixo muito suspeita, e acabou dando uma caroninha para Douglas Ganso, lá do Xorume (pois é, o Teamblue na verdade queria o melhor host de lá, mas tivemos que nos contentar com o Lixo do Lixo mesmo!)!

Venha matar a saudade das grandes amizades, relembrar os tempos divertidos da inocência infantil, conhecer ilustres desconhecidos que influenciaram e muito a vida dessa galera, e celebrar uma das maiores virtudes da humanidade: a Amizades!

Comecem bem esse mês de julho, mandando emials, comentários e histórias dos seus amigos!

AMIGO ESTOU AQUI! SE A VIDA É RUIM, AMIGO, ESTOU AQUI!


Player e Download:

Quer Zipar seu MP3? Copie o link e cole [AQUI]


Equipe:

 

 

 

 


Convidados: 

 

 

 

 

http://xorume.com.br/


Mencionados no Episódio:

 


E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Tiago Ramos Melo

    Cast nostalgico sobre as amizades de infância, eu perdi muito contatos com a galera da rua onde morava na infância durante minha mudança de estado, apesar que sou meio cigano pois mudei várias vezes, mas quando tinha algo pra encontrar eles a conversa sempre era regado por muitas lembranças e coisas boas.

    Naquele tempo a maior diversão da minha galera era jogar futebol na rua, fechávamos a rua quase toda (morava numa rua sem saída, imagine a raiva dos moradores quando começava o jogo e os carros querendo passar) pra montar a “nossa areninha” e mostrar nossos dotes futebolísticos, bem ao contrário do meu caso que era goleiro. A rivalidade da região onde morava era tão grande que sempre um jogo na semana era nas ruas vizinhas e jogar aquele contra onde vale a honra e o orgulho do quarteirão, era os gladiadores daquela época, se ganhar em território vizinho, o quebra pau era generalizado por troca de palavrões e até golpes de artes marcias te dar inveja a qualquer lutador de UFC e o clima mais tenso que jogo de final de libertadores.

    Bem é somente isso de lembro dos meus grande amigos (apesar que não vou citar nomes pois acho que ninguém deles escutam podcast) lá da minha querida Vila Medeiros, na Zona Norte (é nois) da capital Paulista, por onde 16 anos foram de pura alegria e lembranças boas (algumas ruins mas as boas são as melhores), parabéns aos envolvidos e ao convidado (ou quebra galho desse cast) xorumoso do Ganso. Até a próxima e vida longa aos bons e velhos amigos de infância.

  • Darley Santos

    Tive o que poderia chamar de “melhor amigo” durante alguns anos na infância e pré-adolescência, mas os tentáculos da vida real, nua e crua, logo me tiraram essa ilusão e mostraram que, sorte sua se conseguir estabelecer relações duradouras de amizade, mas a verdade é que todos podem ir embora de sua vida a qualquer momento! Aprendi a dar valor nos amigos e parceiros que vamos encontrando do caminho, este caminho que chamamos de vida – alguns a gente reencontra, outros nunca mais, e por aí vai… Mas lembro que foi com dificuldade que me livrei da ideia de um “melhor amigo para a vida toda”, aff… Olha aí, olha aí, o Spider acabando por provar que é mais social que todos os outros machines kkk, inusitado!