MachineCast #48 – The King of Fighters – Saga Orochi

Saudações amigos, ouvintes, treteiros de plantão e lutadores de briga de rua nas horas vagas! Mais uma viagem da Velha Máquina realizada com sucesso, trazendo ate vocês muita informação, cultura, conhecimento, humor, zueira e a treta nossa de cada dia!

Em ritmo de treinamento e muitos combates, a Velha Máquina faz uma viagem até os primórdios do torneio O Rei dos Lutadores, e se encontra com poderosos guerreiros, demônios antigos, cultos macabros, e a ressurreição de Orochi! Sim, essa viagem é toda dedicada ao primeiro arco da série de games de luta The King of Fighters.

Sabe quem foi Orochi? Conhece sua ligação com os clãs Kusanagi e Yagami? E o que os Lone Wolves de Fatal Fury tem a ver com isso? E será que KoF 98 é mesmo melhor que o KoF 97??

Essas e outras perguntas você encontra a resposta somente aqui, no Machinecast! Então não perca mais tempo, e junte-se ao rei das maçãs gamísitcas Omega Neilson, ao galã de novela mexicana Robert Spider, o espetado Benima-Edu e aquele que acha que é um smurf ou alien de avatar Terry Blue!

Deixe aquele like maroto, compartilhe o cast, mande seu recado e email, e junte-se à treta!

Kyo: Doushitemo yaru no ka?
– “Tem certeza que quer fazer isto?”
Iori: Imasara inochi go ika?
– “Está implorando pela sua vida?”


Player e Download  🙂 

Arquivo Zipado | Baixar zip

Leitura de e-mails : Ouvir


Equipe:  😎   

         TEAMBLUE 120   EDUARDO FILHOTE 120   NEILSON LOPES 120   SPIDER 120


Mencionados no Episódio:  😯 


Contatos:  🙂

E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)


enquete

Qual o melhor The King of Fighter de todos

View Results

Carregando ... Carregando ...

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Richelly Italo

    Nunca curtia esse game não, mas o podcast tá bem recheado…

    …continuo não gostando do game.

    Valeu Machines.

    • ¬¬

    • Mas nunca assim quis dar uma chance ?

      • Richelly Italo

        Até tentei…mas não deu!

  • Francisco das chagas

    olha o jogo que fez parte da infância de muitos no fliperama

    • Quem entrava em fliperamas naquela época, não tinha como, ao menos parado ao lado pra assistir ficava.

  • Ricardo Shima

    Fala Galera !
    Há tempos não comento nada. Estou tentando escutar os podcasts e esta complicado pra mim. Mas este episodio se tornou uma das minhas prioridades quando vi o tema.

    Primeiramente queria falar de uma coisa que pega para os jogos da SNK em geral nos fliperamas: A localizacao dos botões.
    Todos os fliperamas da época tinham um padrão de seis botoes ao lado do direcional, três em cima e três embaixo e todos sem descricao nenhuma.
    A SNK possui os botões A,B,C e D e, na época de moleque, a base para os jogos de luta era o Street Fighter: Os de cima = soco, os de baixo = chute.
    Então vc apertava o que seria o soco forte em street fighter e o seu personagem dava um chute, ou entao não fazia nada.WTF ?
    Moleque nao vê “How to Play” e não sabe inglês. Ele só quer jogar. Aí até descobrir o que era A,B,C e D levou um bom tempo, pois maquinas NEOGEO mesmo era muito raro. Tinha apenas em Shoppings e olhe la.
    Depois que vc descobre o ABCD da SNK, vem a vida e te da uma voadora na boca para mostrar que nada é facil. A configuracao das maquinas mudava de bar para bar.
    Tinha bar que utilizava os 3 de cima (ABC) mais o da esquerda de baixo (D). Tinha bar que utilizava os dois da esquerda de cima (CD) e os dois da esquerda de baixo (AB), tinha os que usavam os mesmos 4 botoes do caso anterior, porem invertidos AB em cima e CD embaixo. Era uma zona total, o que comprometia seu desempenho dependendo de onde vc jogava.

    KoF foi o jogo que revolucionou os jogos de luta, permitindo ao jogador escolher mais de um personagem e abrindo portas para os crossovers. Coisa que era o sonho de muitos gamers.

    Muito do que vou escrever foi dito no cast mas vamos la:

    Me lembro que vi KOF 94 em um fliperama em minha cidade. Mas, assim como o Neilson, não cheguei a jogar o game neste ano. E lembro muito bem o porquê: Samurai Shodown II saiu neste mesmo ano quase que junto de KoF94. E eu achava mais legal cortar os oponentes no meio HAHAHAHAHAAHA!!!!! (risada malégna)

    Um ano depois vi o KoF 95. Eu tinha o Fatal Fury (FF) e Art Of Fighting (AoF) 1 e 2 para snes. Entao conhecia muitos personagens do jogo, o que me ajudou na hora de jogar pois ja estava acostumado com os comandos especiais, um pouco diferentes, da SNK. Este foi o primeiro KoF que joguei e joguei muito por muito tempo.

    Quando apareceu o KoF96 estranhei a jogabilidade pois nao havia maneira de encher a barra de especial como era feito em AoF e KoF94 e 95. Tinha q descer a porrada ou apanhar para a barra encher. Alem disso, sai a esquiva de lado e entra o rolamento, sai o pulinho pra frente e entra a corrida.
    Os movimentos especiais tiram (BEEEEEEEEEEM) menos energia do adversario e as magias, que antes atravessavam a tela, agora tinham distancia limitada (ponto positivaço para o balanceamento do jogo).
    Não joguei muito este KoF, pois no meu bairro só tinha maquina KoF95. Se eu quisesse jogar o 96 eu teria que ir ao centro da cidade ou em algum shopping, e com certeza a ficha nao seria os R$0,25. Ou seja, gastar com conducao e pagar mais caro na ficha = jogar menos. Este nao era o objetivo

    Entao, em 1997, surgiu o grandioso KoF97. O KoF dos KoFs. o Supra-sumo dos jogos de Luta. O DEUS KoF encarnado nos tempos modernos.
    Este SENHOR KoF unia as modalidades dos jogos anteriores Extra (Kof 94 e 95) e Advanced (KoF96), a jogabilidade ficou mais dinamica, te incentivava a tentar criar combos de todas as maneiras, o som do jogo melhorou, a animacao ficou melhor e a historia, em fim, teve um fim. (Kyo, Iori e Shizuru… final emocionante).
    Este KoF rapidamente tomou todos os bares da regiao. Nao se via mais KoF 94,95 ou 96. Mas também, o que esperar de um jogo que juntou td de bom que a serie ja teve ? #BestKofEver!

    Nao me recordo se no KOF 96 haviam finais especiais dependendo do trio que vc escolhia. Mas essa foi outra coisa muito boa em KoF 97
    Haviam as apresentações especiais antes das lutas tabém (ex: Kensou Vs Robert, King Vs Ryo, Shingo Vs Kyo, Kyo Vs Iori, Andy Vs May, etc)

    Outras coisas que são dignas de notas:

    – Kof 94
    O lance citado sobre rasgar a roupa das personagens femininas do jogo vem de AoF e por isso só acontece com King e Yuri. Isso também existe no KoF95

    – Kof 95
    Omega Rugal e Saisyu Kusanagi eram personagens selecionavies atraves de um comando que você fazia na tela de seleção de personagens.
    Este foi o primeiro KOF a sair para console que nao seja NeoGeo. Saiu para Sega Saturn e vinha com um cartucho de expansão de memoria. Sega sempre a frente das outras)
    Sempre chamei o Saisyu de “Saishu” pois em KoF95, na versao em ingles, o nome foi traduzido para Saishu (cena entre o ultimo trio e a batalha contra Saisyu)

    – Kof 96
    O nome completo de Goenitz é “Leopoldo Goenitz”

    – Kof 97
    Yashiro, Shermie, Cris, Iori e Leona (todos na versao orochi) e Kyo 94’são os personagens adicionais no game.
    No Sega Saturn, as vozes dos personagens eram mais “finas”.

    – Kof 98
    Neste KOF foram incluidos vários outros personagens na versao classica.
    Este KoF é o “Mortal Kombat Trilogy” do KoF. Foi um “junta todo mundo e deixa o pau comer”. Jogo sem estoria, pode ser excluido da linha do tempo que nao altera nada.
    Embora o grafico seja legal, jogabilidade boa e um numero de personagens muito maior, não teve nada de inovador. Foi mais do mesmo. E por isso, em minha opinião, este nao é melhor que o KoF97.

    É isso ai galera.
    Obrigado pela oportunidade de, mais uma vez, me fazer voltar ao tempo em que eu era feliz e não sabia =o)
    Um abraço !

    • Li tudo! Mais um pro time do 97!

      E Shima, muito bom seu comentário sobre o mapping dos botões. Realmente isso era meio chato e se você tava acostumado com Street, a hora que ia pra KOF poderia se bater. Eu sempre sofro pra mapear os botões dos emuladores nesse esquema, mesmo sabendo, haha!

  • Darley Santos

    Minhas lembranças com KOF e Fatal Fury são dos tempos de fliperama, joguei várias vezes. Confesso que não sou conhecedor desse jogo, aliás de jogos de luta em geral – eu curto, se chamar pra jogar eu jogo, tô dentro, mas não sou “fanzaço” do gênero. Os únicos jogos de luta que tive foi o Killer Instinct do SNES e o Dead or Alive 5 do PS3, só. Mas posso dizer que um dos aspectos de KOF e predecessores que o distinguiam entre os vários jogos de luta como Mortal Kombat e o Street Fighter, eram os cenários, lembro que me cativavam bastante, juntamente com a música de fundo. Ri demais do Neilson falando que o Iori Yagami é o primeiro emo dos games – aliás, nem sabia do nome dele, mas tenho a memória visual dele bem vívida.
    Me identifiquei com o Edu, comprei uma TV de 40” Full HD pra jogar meu PS3, mas enquanto este não chegava joguei o PS2 nela – qual foi minha surpresa ao ver a queda de qualidade da imagem! Tive que comprar o referido cabo de vídeo componente no Mercado Livre pra jogar.
    Cara, e essa memória do TeamBlue?!? Esse “déjà vu” foi igual um lampejo, rápido e implacável!

    • Para fazer um cast de nostalgia, pré-requisito… memória hahahaha

    • Mas então você jogou pouco dos clássicos, KOF, Street e Mortal ? Hoje em dia vc ainda joga luta ?

      • Darley Santos

        Sim, já joguei várias vezes com amigos, mas nunca foi o meu forte não, chegava a dar trabalho hora ou outra, mas quase sempre era derrotado. De fato, não joguei tanto a ponto de dizer que conheço muito destes clássicos. Hoje lá em casa só tenho o Dead or Alive 5, pra PS3, um dos últimos jogos que comprei inclusive, e cheguei a iniciar o modo história – uma enrolaçaaaaaaaaão mas é legalzinho.

  • Salve, salve, Machine casters.
    O podcast foi excelente, mas infelizmente não posso concordar com vocês sobre a qualidade das histórias de King of Fighters.
    Me explico:
    A história dos KOF é uma aula de como desperdiçar e humilhar bons personagens. Eu curto muito os Psycho Soldiers, em especial a Athena, só para dar um exemplo, e eu sou obrigado a vê-los sendo frequentemente espancados e humilhados por personagens que são fodões por terem algum sangue de demônio ou serem membros de algum clã fodão. Parece até que estou vendo Naruto.
    No 95 o Yori aparece como fodão e espanca todo mundo. No 96 é a vez da Leona, Mature e Vice mostrar a que vieram espancando times inteiros. No 97 é a vez de mostrar o New Faces Team enfiando o cacete em todo mundo. Cheguei ao ponto de encontrar uma hq do 99 para ler e ver o K derrotando o time Psycho Soldiers inteiro em apenas duas páginas. Parei de ler é claro.
    Vamos lembrar também que o time do Japão ganhou vários torneios e Benimaru e Goro Daimon sequer foram citados no cast. Ninguém se importa com quem não tem clã.

    É isso. KOF é uma puta franquia, mas, como qualquer jogo de luta, a história não é o forte.

    Desculpem o comentário gigante.
    Um abraço.

    • Thaineh Souza

      “desculpem o comentário gigante” aham, vc sente mt né ? –‘
      hahaahha

    • Achei que seu comentário nem foi gigante :-).

      Das histórias do KOF essa é a melhor mesmo, as outras tem alguns momentos bons e só. Pior são as edições que a história é ruim e o jogo é ruim, tipo o KOF 12 só pra citar de exemplo.

  • Zuppao

    kkkkk sou obrigado a concordar com o Richelly Italo….

    nunca curti KOF… porem reconheco que o cast ficou excelente…!!! Os efeitos sonoros, edição, virgula sonora… Parabens…!!!!

    Os efeitos sonoros da SNK (no geral) sao mto fodas..!! Isso foi mto bem aproveitado no cast =D

    Tive um Neo-Geo CD por um curto periodo de tempo (uns 5 meses +-), no início de 1997. Na epoca comprei o kof 1996 e tentei jogar…. achei dificil (eu vinha da escolinha do Street Fighter).. fora que os loads era intermináveis PQP, dava mta raiva….. Não consegui me apegar ao game.. sempre gostei mais de Samurai Shodown e Double Dragon do que dos kof. Alias, Double Dragon, esse sim, joguei muuuuito no fliper.. mas muuuuito mesmo….

    Diziamos que o Iori e a Leona estavam “endemoniados” (qndo estão “possuidos” lá com o sangue do Oroshi)….rsrs….

    Eu cheguei a ter um apreço maior pelo Real Bout… gostava do estilo do Bob Wilson (poh sempre curti capoeira rsrs) e a Mai Shiranui…..

    É isso ae… o tema é “3×1 real”.. mas o cast ficou Show demais..!!! XD

    Valeu galera…. (sem rescentimentos hein TeamBlue kkkkk)

    • ¬¬

    • Você foi o propietário de um Neo-Cd ? Mas que beleza!

      Pois eu também sou da escola Street, mas sempre tive uma reserva no coração para KOF. DD é muito massa, inclusive esses dias coloquei na lista pra rejogar.

      A gente tem que achar alguma coisa de luta que todos gostem, mas tá difícil.

      • Christian Ho

        MVC2 e os SFA geralmente eh ok entre as pessoas.
        Eu obviamente sugeriria UMVC3, mas o jogo tb eh odiado por muitos por motivos obvios 😀

  • Christian Ho

    Nao mencionaram as entradas dos personagens, q vem desdo do KOF 94 dependendo da relacao dos personagens, ex: Mai entrando com vestido de noiva qd enfrentando o Andy (namorado dela), Joe com cinturao de campeao de Muay-Thai e rindo da King (q tb eh praticante de Muay Thai), etc.
    E eu nunca falei do 2002 o.o Parei de jogar KOF no 2000. Deve ser outro Christian 😛 Meu favorito eh o 97.

    • Então acertei quando comentei, tava achando estranho você achar o 2002, até porque lembro quando fomos jogar no Fliper e acho que o 2000 foi o último que chamou um pouco a atenção. 97 Sempre!