FreeCast #02 – Viagens no Tempo

Saudações amigos ouvintes, exploradores temporais e teóricos de plantão! Mais um insano debate livre diretamente do seu Freecast, com mais um tema de arrepiar e alucinar até o mais são dos cidadãos!

Afinal de contas, é possível viajar no tempo? Seria o tempo cíclico ou linear? É pe tempo uma dimensão à parte? Estamos presos no tempo? Quais as implicações de se viajar no tempo? É possível alterar o passado ou ele já está determinado? De quais formas a cultura nerd e geek já explorou as viagens no tempo?

Esses e muitos outros questionamentos são debatidos intensamente e viajadamente aqui no seu Freecast, o podcast mais livre da podosfera!

E para nos ajudar (ou atrapalhar) com esse tema muito viajante, chamamos nosso amigo do Curva de Rio, Mateus Mantoan.

Então não perca mais tempo, compartilhe o cast nas suas redes sociais, mande seus emails e comentários contando suas experiências, opiniões e teorias!

O TEMPO PERGUNTOU AO TEMPO:

_QUANTO TEMPO O TEMPO TEM?

O TEMPO RESPONDEU AO TEMPO:

_O TEMPO TEM TANTO TEMPO QUANTO O TEMPO TEM.


Baixar ou ouvir o podcast:

Quer Zipar seu MP3? Copie o link e cole [AQUI]


Participantes do Cast: 

EDUARDO FILHOTE 120 TEAMBLUE 120 TICIANA 120 ZUPPÃO 120 mateus-120

Mencionados no episódio:

  • Games:
    ———
    – Life is Strange
    – Prince of Persia – The Sands of Time
    – Final Fantasy XIII – parte II
    – The Legend of Zelda: Ocarina of Time
    Series/Desenhos:
    ——————-
    – Terra Nova
    – os 12 Macacos
    – Futurama
    – Stranger Things
    Livros:
    ————-
    – O Guia do Mochileiro das Galaxias
    Filmes Citados:
    ———————
    – Terminator 2
    – Efeito Borboleta
    – De volta pro Futuro I, II e III
    – o Vidente (preve 2 minutos no futuro)
    – O Som do Trovão
    – Predestination
    – Somewhere in Time – Em algum lugar do passado
    – Os 12 Macacos
    – Meia noite e um
    – Time lapse
    – Planeta dos Macacos
    – Feitiço do Tempo
    – Superman I
    – Jornada nas Estrelas 4 – A Volta Pra Casa
    – Questão de Tempo
    – Donnie Darko )
    Citados aleatoriamente:
    —————————
    – Jurassic Park
    – Jumper (o filme)
    – No limite do amanhã
    – Evil Dead 3
    – Looper
    – Chrono Trigger
    – Sharknado I ao IV
    Indicões:
    ————
    – Somewhere in Time – Em algum lugar do passado (indicação da Ticiana)
    – Os 12 Macacos (indicação do Mateus)
    – Meia noite e um (indicação do Teamblue)
    – Final Fantasy XIII – parte II (indicação do Edu)
    – Terminator 2 (indicação do Zuppão)

Contatos:

E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)


Contato dos convidados: 

http://curvaderio.com/

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Vanei Anderson Heidemann

    Onde encontro o bagulho que fumaram pra fazer esse episódio???

    • Mano, faz o seguinte, entra no grupo do telegram (https://telegram.me/machinecast) e fala diretamente com o EDU! ele é o distribuidor! cara… é da boa…

      • Neilson Lopes De Carvalho

        hsuhsuhsuhushuhsuhsuhsuhsuhsuhsuhsuhsu

      • Zuppao

        kkkk pqp…..olha a fama do Edu onde ta chegando..kkkkkk
        XD

  • Gharcia

    Olá MachineCasters!

    Eu acho meio besta discutir sobre viajem no tempo pq o tempo não é um local pra ir ou voltar. Vc pode relativizar e ir por buraco de minhoca e isso faria o seu tempo passar devagar. Mas ele passa. Não volta.

    Mas, entrando no clima do episódio, a loteria, sem adulteração, é aleatória. De vc trouxer os números, eles seriam outros.

    Tem um filme, lançamento da Netflix, chamado ARQ. Ele utiliza o mesma pausa do tempo do Dia da Marmota.

    Concluindo: O Feitiço de Tempo é uma lição de vida. Sua vida não muda. Todos os dias serão iguais. Seu emprego será uma droga, as relações com as pessoas um sofrimento… até que vc mude. Qdo vc mudar, seus dias serão diferentes.

    Excelente discussão.

    Abraços e sucesso.

    • VLW Gharcia! espero que goste dos d+! volte sempre!

  • Podem me agradecer por este episódio ter ficado tão bom. Caso pudessem se lembrar direito (se bem que eu duvido) recordarão daquela terça-feira chuvosa na qual uma notícia estranha apareceu. Justamente por ela, que plantei em suas timelines, impedi que fizessem um episódio sobre selos búlgaros e sim sobre viagem no tempo. De nada, foi um prazer.

    Se puder deixar duas sugestões muito boas sobre viagem temporal, assistam estes filmes:
    – Los Cronocrímenes (2007)
    – Triângulo do Medo (2009)

    Depois digam se curtiram, caso assistam. Se bem que eu já sei a resposta porque já estive lá, assistindo junto sobre os ombros de vocês. Aquele incômodo que não conseguiram definir. Era eu mesmo. De nada, de novo.

    Abraço a todos(as). 8)

    • comentário lido e comentado no cast 53

  • Leandro Lopes Pereira

    Viagem no tempo é um assunto fantástico. Tem várias formas de abordar, como feito em Interestelar e, pq não, Click, em que só se viaja pro futuro. Mas vim aqui pra deixar aquele que é, ora mim, a maior pérola dos point and Click dos anos 90 que é Day of The Tentacle

  • Pingback: Emails e Recados – Setembro e Outubro – Podflix - Curva de Rio - Podcast()

  • Pingback: Papo Vogon 24 – Conheçam Wowbagger! – Podflix - Podcast()

  • Pétrus Davi

    Olá amigos do machinecast, tudo bem?

    Caramba, me pegaram por um tema que eu adoro, eu disse que vinha muralha de textos, então lá vai!

    Sobre o episódio, acho que o tema viagem no tempo (apesar de todas as piadinhas que fizeram no começo do episódio) é bastante interessante pra quem assistia a serie lost, e para os entusiastas de física também. Sobre as teorias que falaram e os filmes que mencionaram, eu conhecia alguns, principalmente efeito borboleta. Não me lembro de ter assistido ele, mas lembro sim de ter visto um filme com o Denzel Washington, o nome parece que era deja-vu, acho que vale a dica.

    Agora vamos as teorias. Depois de muito assistir lost, eu tenho alguns pontos a considerar aqui sobre como viajar no tempo. O que foi dito sobre ao voltar o passado ser seu novo presente se confirma, pois, indiretamente, os passageiros do avião já estiveram na ilha mesmo antes de cair na ilha, considerando que ela poderia se mover no tempo.

    Como eu estava dizendo no grupo, que tem a ver com a teoria das cordas, todas as possibilidades são possíveis até que alguma decisão seja tomada. E partindo do princípio onde todas são viáveis antes da decisão, a maioria das decisões de nossas vidas, independente da relevância, podem ter mudado o curso de vida de algumas pessoas ao nosso redor.

    Existe uma outra teoria da série também que o tempo pode ser uma rua ou um disco de cd, você pode tanto trocar de musica assim como andar de um lado a outro na rua, mas não pode criar uma nova rua ou colocar uma nova música no cd. O que aconteceu, aconteceu. O que não aconteceu, não pode acontecer.

    Dito isso, poderíamos supor que, marty mcfly não criou várias linhas temporais, elas sempre existiriam, quando o doutor brown construiu o delorean e começaram a viajar no tempo, que eles puderam mudar de ruas e participar nos eventos das mesmas. Um outro ponto aqui é que essas mesmas ruas tem becos que podem interligar outras ruas. Assim, os eventos ocorridos em uma das ruas podem levar você a becos que levem até outras ruas, que seriam outras linhas temporais.

    Isso é bastante mostrado na série e em vários filmes onde a viagem no tempo é a ideia. O próprio jogo Chrono Trigger que o zuppão falou é um exemplo disso, os eventos que eles “alteraram” no passado mudou o que se sucedeu no futuro, ou em um futuro mais próximo. O jogo também poderia trabalhar o conceito de linhas temporais já pré-existente onde os eventos ocorridos em uma poderiam levar a outras linhas. Maior exemplo disso é quando lavos é derrotado, levando aos eventos de chrono cross, que é uma “continuação” de chrono trigger, onde lavos, o chefe final do jogo, nunca caiu na terra, logo surgindo uma maquina chamada FATE, que se torna uma das vilãs do jogo, é bem interessante.

    Bem pessoal, o comentário já está grande, nem falei tudo o que gostaria, mas pretendo chamá-los para participar de um episódio do fora da caixa sobre o mesmo assunto, claro, se quiserem participar haha. Excelente episódio e abraços! 🙂

    • Será lindo no próximo programa!

    • Será lindo no próximo programa!