FreeCast #01 – E se estivermos vivendo na Matrix?

Saudações amigos, ouvintes e teóricos da conspiração de plantão!

Uma das mais antigas e pertinentes dúvidas da humanidade é, certamente, o questionamento acerca do mundo que nos cerca. É real? Imaginário? Ilusão? E o filme Matrix veio para turbinar ainda mais as inúmeras teorias sobre o assunto!

E nessa incrível reunião, a equipe do Freecast traz um debate muito pertinente: e se estivermos vivendo na Matrix? Junte-se ao filósofo de boteco Eduardo Filhote; ao rei das tartarugas Zuppão; à rainha da treta Ticiana Baianetta; e ao BigBoss da Velha Máquina Teamblue, e tente descobrir qual é a realidade que nos cerca!

Envolvendo muita filosofia, religião, ciência, cultura pop, zueira e loucura, essa turma questiona o que é a Matrix, o que é a realidade, o que vivemos, o que há além do mundo que vemos.

Este é um tema de ficção científica, e fica a critério de vocês participarem! Todos estão convidados a participar, viajar e teorizar o absurdo sem nenhuma relevância.

ENTÃO, ESTÁ PREPARADO PARA SEGUIR PELA TOCA DO COELHO BRANCO?


Baixar ou ouvir o podcast:

Quer Zipar seu MP3? Copie o link e cole [AQUI]


Participantes do Cast: 

TEAMBLUE 120  EDUARDO FILHOTE 120  ZUPPÃO 120  TICIANA 120


Contatos:

E-Mail – contato@machinecast.com.br

Twitter – @machine_cast

Facebook – facebook.com.br/machinecast

Alvanista – @machinecast

Google+ – https://plus.google.com/MachinecastBrasil

Canal no YouTube – MachineTube

Telegram – Machines (Integrantes e Ouvintes)

Comente pelo FaceBook

comentarios usando FaceBook

  • Passando só pra indicar um filme chamado Cidade das Sombras (Dark City).
    É um baita filme e, apesar de não entrar nesse âmbito da tecnologia e da virtualidade, trata bem dessa coisa de questionar o que é real e o que não é.
    E o mais importante, é de 1998, um ano antes de Matrix

    Eu tomaria a pílula azul. Acho que sou #TeamPílulaBlue
    Excelente cast

    • Olha ai Olha ai, finalmente uma opinião coerente hahahahhaha

  • Zuppao

    Esse cast ficou mto mto foda.!!!!!
    mas ae… Pilula Vermelha… quero sair fora e MATAR MAQUINAS…
    AAAAGHHHHRRRRRRRRRRR

  • Darley Santos

    Tema interessante na podosfera, sniff!!! Cara, eu pensei que iriam se restringir as implicações filosóficas que Matrix suscita, mas foram muito, muito além! Buguei aqui com a realidade sendo suplantada, ainda que no plano da discussão, pela ficção, buguei total kkk. O Felipe Zu já falava, mas eu não sabia que, além do Edu, o Terry Bogard e cia também usavam o chá Ayahuasca, carái!
    @TeamBlue sobre escolher entre o mundo real e a Matrix, mil vezes o mundo real – não sei se você se recorda, mas Neo faz um upgrade na experiência sensorial depois que renuncia à Matrix, tudo passa a ser vivenciado de forma genuína e com mais sabor, inclusive aquelas cenas quentes entre ele e a Trinity servem para afirmar a superioridade da experiência vivida do mundo real em detrimento da ilusão produzida pela Matrix, que é somente uma sombra da realidade. Dá-lhe filosofia platônica nos quarto negada!
    Muito bom cast, abraço a todos!

  • Tiago Ramos Melo

    Pense numa viagem foi esse cast kkkk, o que vocês fizeram pra fazer isso???? Muito bom e filosofar faz bem…o Filhote que o diga kkk.

    • Pense que eu escolhi não participar, porque achei que ia ficar zonzo com tanta viagem….

  • Jorge Augusto

    Manos e Baianetta, taí um episódio que eu gostaria de ter participado. Foda!! Simplesmente muito bom. Gosto demais de Matrix, e ainda as referências foram foda!

    Grande abraço.

  • Pétrus Davi

    Olá pessoal do machinecast, tudo bem?

    Sobre o episódio, ficou sensacional! Acho que não tem termo melhor para definir um episódio bem conduzido, aoesar de achar que em alguns momentos vocês viajaram legal hahaha, mas esse era o objetivo né? Especular sobre o caso?

    Agora vamos a parte onde eu me extendo bastante que é sobre especulação também. Pessoalmente não acredito que vivemos em uma matrix. Isso porque eu relevei algumas coisas que talvez não tenham pensado enquanto gravavam, e nós, caras do TI, acabamos ligando o filme a nossa própria profissão.

    Caso não saibam, o sistema operacional de um computador, ou mesmo dos mobiles, é responsável por tornar visível aquilo que não é aos olhos do usuário, isso inclui também o gerenciamento de processos sendo executados tanto no processador, assim como as threads, que são pequenas instruções de um processo, que podem ser executadas na memória ram.

    O sistema operacinal também é responsável pelas permissões de usuários locais, aquelas contas que você acessa antes de iniciar o PC e acessar o sistema. Com isso, ele pode controlar quais pastas e arquivos, o usuário pode ter acesso, ler, gravar, editar e modificar.

    Partindo desse princípio, seria a matrix um grande sistema operacional onde nós, os usuários, somos controlados por forças maiores, seja da natureza ou do próprio homem, onde temos determinadas permissões e também recebemos determinadas comandos ou tarefas para executar diariamente em nossas casas, no trabalho ou no lazer?

    O que me faz pensar contra isso é o seguinte. Partindo do princípio anterior, do qual a matrix é um grande computador a qual todos nós estamos presos, significa dizer também que ele não pode durar para sempre, todas as peças tem prazos de validade e mesmo as peças de reposição não podem ficar estocadas pra sempre, alguem tem que fazer a devida manutenção delas.

    E o mais importante, sendo um computador e por mais avançada que esteja a tecnologia, ainda tem que ter alguem monitorando, controlando, e claro, iniciando todos os processos manualmente. E isso não pode iniciar…se não tiver um usuário pra fazer.

    Então será que poderiam haver humanos fora da matrix completamente racionais e subjulgando os companheiros de sua própria espécie através desse sistema que os torna usuários de um grande computador?

    Eu também não vejo motivos para fazer tal coisa. O que eu ganharia subjulgando toda a raça humana e ficar sozinho na terra? Com quem compartilharia tal poder? Qual o meu objetivo com essa máquina?

    Aqui foram apenas alguns questionamentos e soluções sobre uma possível dominação, mas enfim…ótimo episódio e abraços! 🙂